Ir em baixo
Freza
Freza

Mensagens : 1807
Pontos : 5976
Evolução : 4
A Historia de Warcraft Reputation_highpos
http://bgames.com.br

A Historia de Warcraft Empty A Historia de Warcraft

em Seg 24 Set 2012 - 15:15
Reputação da mensagem: 100% (3 votos)
A Historia de Warcraft



Warcraft: Orcs & Humans

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Por muitas eras, o titã decaído Sargeras tramou para aniquilar toda a vida de Azeroth. Para tanto, Sargeras possuiu o feiticeiro humano Medivh e o forçou a entrar em contato com Gul'dan, um bruxo orc do mundo de Draenor. Lá, os servos demoníacos da Legião Ardente trabalhavam para corromper os orcs, outrora criaturas pacíficas, e transformá-los em um exército sanguinário conhecido como Horda. Este exército amaldiçoado invadiu Azeroth pelo Portal Negro — uma passagem interdimensional criada por Medivh e Gul'dan — e enfrentaram os exércitos humanos em Ventobravo. Ajudados pela meio-orc Garona, campeões humanos como Anduin Lothar lutaram bravamente para proteger o reino. Porém, no fim, a poderosa Horda despedaçou as defesas de Ventobravo. Em meio a queda trágica da cidade, Garona traiu seus aliados e assassinou o Rei Llane Wrynn, selando a derrota da nação.


Warcraft II: Tides of Darkness

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A nação humana de Ventobravo havia caído diante da Horda. O Campeão Cavaleiro Anduin Lothar reuniu os restos espalhados do exército humano e liderou os refugiados numa marcha para o norte, atravessando o Grande Mar em direção ao reino de Lordaeron. Ao conquistar a ajuda de outras nações — humanos, gnomos, elfos e anões — Lothar ajudou a formar uma grande Aliança para enfrentar os orcs e seu novo líder, o impiedoso Orgrim Martelo da Perdição. A Horda, aparentemente invencível, continuou em sua trilha de devastação, reforçando o exército crescente com trolls selvagens e ogros brutos. Mas, quando estavam prestes a vencer, Gul'dan partiu com os seguidores, abandonando os aliados em busca de artefatos poderosos, forçando a Horda enfraquecida a recuar. Martelo da Perdição conseguiu inspirar os orcs por um momento, ao matar Lothar em uma batalha terrível, mas a morte do herói não abateu a determinação da Aliança. Turalyon, o leal tenente de Lothar, assumiu rapidamente a liderança dos defensores de Azeroth e finalmente derrotou a Horda.


Warcraft II: Beyond the Dark Portal

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Após a destruição do Portal Negro de Azeroth pela Aliança, o xamã orc Ner'zhul assumiu o comando do que restava da Horda em Draenor. De lá, ele planejou criar portais para outros mundos intocados e invadi-los. Para poder realizar os rituais que possibilitariam a conquista interdimensional, Ner'zhul enviou tropas órquicas através do Portal Negro intacto de seu mundo em busca de relíquias em Azeroth. Preocupados com os planos da Horda, os heróis da Aliança invadiram Draenor para acabar com a ameaça dos orcs para sempre. Sabendo que seria certamente derrotado por seus inimigos, Ner'zhul conseguiu abrir vários portais para outros mundos. As imensas tensões mágicas resultantes acabaram despedaçando Draenor, prendendo muitos dos maiores heróis de Azeroth em Terralém, como ficaram conhecidos os restos destroçados do planeta.


Warcraft III: Reign of Chaos

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Após muitos anos definhando em cativeiro, os orcs que permaneceram em Azeroth foram libertados por um ex-escravo chamado Thrall. O jovem xamã e sua Horda reformulada fugiram para o continente de Kalimdor para escapar da invasão da Legião Ardente, um exército demoníaco que buscava a destruição de toda Azeroth. Para enfraquecer as defesas do mundo, a Legião liberou uma nova e horrenda arma: o Flagelo dos mortos-vivos. O Príncipe Arthas Menethil de Lordaeron lutou bravamente para proteger suas terras dos aterrorizantes inimigos, mas o medo e o desespero o levaram a unir-se ao líder misterioso do Flagelo, o Lich Rei. Em Kalimdor, a Horda de Thrall deixou de lado o ódio antigo e se uniu a outras raças para combater o ataque maciço da Legião, comandada pelo lorde demoníaco Arquimonde. Com muita dificuldade, a união improvável de humanos, elfos noturnos e orcs derrotou seus inimigos no topo do sagrado Monte Hyjal.


Warcraft III: The Frozen Throne

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Enquanto os exércitos de humanos, orcs e seus aliados se recuperavam da batalha contra a Legião Ardente, Arthas Menethil—agora um Cavaleiro da Morte—massacrava os habitantes dos Reinos do Leste de Azeroth, em nome do Flagelo. Mas novas forças surgiram, ameaçando destruir Arthas e seus lacaios: a banshee Sylvana Correventos se rebelou, criando uma facção separatista de mortos-vivos que ficou conhecida como os Renegados; e Illidan Tempesfúria, um elfo noturno corrompido pelos demônios, enviou seus exércitos ao continente gelado de Nortúndria para atacar o Lich Rei. Arthas correu para defender seu mestre e derrotou Illidan, que fugiu para Terralém humilhado. Finalmente próximo ao centro do poder do Flagelo, Arthas fez o impensável e voluntariamente fundiu sua alma à do Lich Rei.


World of Warcraft

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Com a intenção de povoar a região árida de Durotar, a nova Horda de Thrall cresceu, convidando os mortos-vivos Renegados para se juntarem aos orcs, taurens e trolls. Enquanto isso, anões, gnomos e os ancestrais elfos noturnos juraram lealdade à Aliança, liderada pelo reino humano de Ventobravo. Após o misterioso desaparecimento de Varian Wrynn, rei de Ventobravo, o Grão-lorde Bolvar Fordragon assumiu o papel de Regente—mas sua função foi maculada pelas manipulações e pelo controle mental da dragonesa negra Onyxia, que governou disfarçada de nobre humana. Enquanto heróis investigavam as manipulações de Onyxia, antigos inimigos ressurgiram pelo mundo para ameaçar a Horda e a Aliança.


Assault on Blackwing Lair

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Nas profundezas do núcleo flamejante da Montanha Rocha Negra, o dragão negro Nefarian conduzia experimentos mórbidos com o sangue de outras revoadas dragônicas. Com a intenção de tomar toda a região para si, ele reuniu os restos da Horda Negra, um exército rebelde que se entregou à sede de sangue demoníaca da antiga Horda. Esses orcs, trolls e outras raças corrompidas batalharam contra o Senhor do Fogo Ragnaros e contra os sombrios anões Ferro Negro pelo controle da montanha fumegante. Antes de ser destruído por heróis destemidos, Nefarian criou os disformes dragões cromáticos e uma legião de outras aberrações em sua tentativa de criar um exército forte o suficiente para controlar Azeroth, e continuar o legado de seu infame pai, Asa da Morte, o Destruidor.


Rise of the Blood God

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Há muitos anos, no templo arruinado de Atal'Hakkar, sacerdotes leais ao Deus Sanguinário Hakkar, o Esfolador de Almas tentaram evocar o avatar do deus vingativo para este mundo. Mas os seguidores dele, os sacerdotes Atal’ai, descobriram que o Esfolador de Almas só poderia ser evocado dentro da antiga capital da tribo Gurubashi, a cidade de Zul’Gurub. Recém renascido na fortaleza na selva, Hakkar tomou o controle da tribo Gurubashi e dos campeões mortais dos poderosos deuses animais dos trolls. A influência negativa do Esfolador de Almas foi impedida no último momento quando a sábia tribo Zandalari recrutou heróis da Horda e da Aliança, e realizou uma incursão em Zul'Gurub.


The Gates of Ahn'Qiraj

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


A grande fortaleza desértica de Ahn’Qiraj, há muito tempo selada detrás da Muralha Escaravelho, era o lar dos insetoides qiraji, uma raça selvagem que um dia lançou uma ofensiva para devastar o continente de Kalimdor. Mas algo muito mais sinistro espreitava nas profundezas de Ahn'Qiraj: O Deus Antigo C’Thun, uma entidade ancestral cuja maldade permeava Azeroth desde tempos imemoriáveis. Enquanto C’Thun levava os qiraji ao frenesi, tanto a Aliança quanto a Horda se preparavam para um enorme esforço de guerra. Uma força mista de soldados da Aliança e da Horda, apelidada de Poder de Kalimdor, abriu os portões de Ahn’Qiraj sob o comando do destemido orc Varok Saurfang. O objetivo: sitiar as ruínas e templos de Ahn’Qiraj e destruir os horrores de eras passadas.


Shadow of the Necropolis

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Na ânsia do Lich Rei de espalhar a peste da morte-viva em toda Azeroth, ele presenteou um de seus maiores servos, o lich Kel’Thuzad, com a cidadela voadora de Naxxramas - uma horrenda base de operações do Flagelo. Ataques constantes realizados pela Cruzada Escarlate e pela Aurora Argêntea enfraqueceram as defesas da cidadela voadora, permitindo uma incursão que levou à derrota de Kel’Thuzad. Porém, um traidor infiltrado na ordem dos cavaleiros da Aurora Argêntea ocultou os restos mortais de Kel’Thuzad e fugiu para Nortúndria, onde o lich derrotado pôde ser reanimado.


The Burning Crusade

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


O Senhor da Perdição Kazzak reabriu o Portal Negro para Terralém, inundando Azeroth com os demônios famintos da Legião Ardente. Expedições da Horda e da Aliança, reforçados pelos novos aliados, os elfos sangrentos e os draenei, atravessaram o portal para impedir a invasão diretamente na fonte. Na Península do Fogo do Inferno de Terralém, a Aliança encontrou vários dos heróis que haviam cruzado o portal há tantos anos, enquanto a Horda entrava em contato com os Mag'har — os orcs "puros" que não participaram da invasão original a Azeroth. A expedição a Terralém fez com que os exércitos da Horda e da Aliança se envolvessem mais intensamente no conflito contra os agentes da Legião e contra os tenentes de Illidan Tempesfúria, que clamou o reino partido para si.


The Black Temple

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Em sua missão de dominar Terralém, Illidan, o Traidor, estabeleceu uma imponente fortaleza para suas forças no Templo Negro, uma antiga cidadela draenei. Porém, a influência dele começou a minguar após a derrota de seus tenentes mais poderosos, incluindo Kael’thas Andassol, o antigo líder dos elfos sangrentos. A janela de oportunidade resultante permitiu que Akama, um sábio ancião dos draeneis degredados, se rebelasse contra o auto-entitulado "Senhor de Terralém". Junto com a antiga carcereira de Illidan, a elfa noturna estoica Maiev Cantonegro, Akama ajudou um grupo de heróis a se infiltrarem na fortaleza de Illidan e dar um fim ao reinado do Traidor de uma vez por todas.


The Gods of Zul'Aman

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Depois de anos de batalhas ao lado da antiga Horda, o senhor da guerra trólico Zul'jin se retirou para a cidade de Zul’Aman, capital dos trolls Amani, onde ele convocou poderes sombrios misteriosos para reconstruir seu exército. Enquanto todos os olhos de Azeroth estavam voltados à luta contra a Legião Ardente e para a expedição à Terralém, os caçadores de tesouros invadiram Zul’Aman, reacendendo o ódio de Zul’jin pelo mundo exterior, especialmente pelos elfos de Quel’Thalas. Ao saber que os recém batizados "elfos sangrentos" se tornaram parte da Horda em sua ausência, Zul’jin, enfurecido, declarou guerra contra a Horda e a Aliança.


Fury of the Sunwell

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Logo após a derrota em Terralém, Kael’thas Andassol retornou à cidade élfica de Luaprata. Em vez de liderar seu povo rumo a glória como havia prometido, o príncipe desgraçado os traiu. Kael’thas tramava usar a lendária Nascente do Sol, fonte do poder mágico dos elfos sangrentos, para evocar o lorde demoníaco Kil'jaeden para Azeroth. Os heróis da Aliança e da Horda conseguiram impedir Kael’thas e Kil'jaeden, com o auxílio de uma força tarefa conjunta de elfos sangrentos e draeneis conhecida como Ofensiva do Sol Partido. Assim, a Nascente do Sol foi purificada com a ajuda do profeta draenei Velen.


Wrath of the Lich King

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Após a purificação da Nascente do Sol, um período de calmaria estranho passou pelo mundo. Mas essa calma logo foi estilhaçada quando o Flagelo morto-vivo lançou um ataque maciço contra as cidades de Azeroth, desta vez não se contentando em permanecer nos Reinos do Leste. Pressionado a revidar com um exército inteiro, o Chefe Guerreiro Thrall enviou uma força expedicionária à Nortúndria, liderada pelo Lorde Supremo Garrosh Grito Infernal. Enquanto isso o rei humano desaparecido, Varian Wrynn, finalmente retornou a Ventobravo e reassumiu a coroa. Ele enviou um exército igualmente poderoso da Aliança, liderado por Bolvar Fordragon, para derrotar o Lich Rei — e as forças da Horda que se metessem no caminho.


Secrets of Ulduar

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


A marcha dos exércitos da Horda e da Aliança por Nortúndria levou a centenas de vitórias, mas esses sucessos não foram páreo para a descoberta feita pelo explorador Brann Barbabronze dentro do complexo titânico ancestral de Ulduar. A fortaleza misteriosa serviu por incontáveis anos como prisão do Deus Antigo Yogg-Saron, um ser de mal absoluto cuja influência se espalhou pela própria terra e rocha do continente de Nortúndria. Com a ajuda de Brann, pequenos grupos de campeões da Horda e da Aliança se infiltraram em Ulduar para enfrentar Yogg-Saron, que inundou as mentes dos invasores com visões confusas: a criação de um artefato de mais de mil anos conhecido como Alma Dragônica, o assassinato do Rei Llane de Ventobravo e uma visão do futuro do Lich Rei.


Call of the Crusade

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

De modo a preparar a ofensiva final contra o Lich Rei, a Cruzada Argêntea — uma união entre os guerreiros sagrados da Ordem do Punho de Prata e da Aurora Argêntea — erigiu uma base próxima à Cidadela da Coroa de Gelo, para acumular recursos e identificar campeões que serviriam de vanguarda para o exército. O Grão-lorde Tirion Fordring organizou um torneio para testar heróis em potencial da Horda e da Aliança, mas agentes do Flagelo rapidamente emergiram para sabotar o evento. O ataque dos mortos-vivos culminou no surgimento do lorde da cripta Anub’arak, que tentou exterminar as tropas de elite de Tirion antes que elas fossem reunidas.


Fall of the Lich King

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Com a aproximação da batalha final contra o Lich Rei, a feiticeira humana Jaina Proudmoore e a Rainha Banshee Sylvana Correventos viajaram para o coração gelado de Nortúndria. Elas tinham motivos diferentes: Jaina tinha esperanças de descobrir se ainda havia algo de seu antigo amigo e amor, Arthas Menethil, ainda vivo no Lich Rei; Sylvana buscava vingança contra seu inimigo mortal. Com a ajuda dessas duas heroínas, os campeões de Azeroth invadiram a Cidadela da Coroa de Gelo e destruíram os servos do Lich Rei. O confronto contra o Lich Rei envolveu milhares de almas consumidas pela espada de Arthas, a Gélido Lamento. No fim, Arthas foi derrotado, e os heróis que o venceram descobriram uma verdade terrível sobre o Flagelo.


Cataclysm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


As expedições vitoriosas de Nortúndria voltaram para casa e se depararam com uma Azeroth conturbada por forças elementais erráticas. Esta inquietude precedeu o retorno de Asa da Morte, o Destruidor, Aspecto Dragônico enlouquecido que despertou de seu covil no âmago do Plano Elemental, despedaçando Azeroth no processo. Com os reinos elementais abertos ao mundo, os espíritos elementais caóticos e seus senhores tirânicos emergiram para ajudar o Destruidor e o culto niilista do Martelo do Crepúsculo a trazer a Hora do Crepúsculo: o fim de toda a vida em Azeroth.


Rise of the Zandalari

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Alarmados pelos altos números de mortes de trolls, a tribo Zandalari viajou pelo mundo para reunir a raça e reconstruir seu império poderoso. Os Zandalari restauraram as cidades caídas de Zul'Gurub e Zul'Aman e começaram a realizar incursões sangrentas em territórios que no passado foram "deles". A tropa trólica pretendia iniciar uma grande guerra contra as outras raças de Azeroth. Porém, o honrado Vol'jin da tribo dos Lançanegra se ergueu contra tais planos maléficos e recrutou campeões da Horda e da Aliança para invadir as cidades ancestrais e acabar com a ofensiva.


Rage of the Firelands

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Após uma série de batalhas ferozes, os heróis de Azeroth baniram Ragnaros, o Senhor do Fogo, e seus servos elementais do Monte Hyjal. Porém, as ameaças a Hyjal persistiam, incluindo druidas traidores que abandonaram seus ideais para se juntar às forças elementais. Temendo outra incursão elemental, os defensores de Azeroth realizaram um audacioso ataque ao reino ígneo de Ragnaros: as Terras do Fogo. Dentre as chamas calcinantes de seu reino elemental, Ragnaros estava mais poderoso do que nunca. Somente os maiores heróis da Horda e da Aliança, auxiliados por campeões druidas como Malfurion Tempesfúria, poderiam tentar derrotar o Senhor do Fogo.


Hour of Twilight

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


No auge de sua loucura, Asa da Morte, o Destruidor, lutou para levar o mundo ao crepúsculo — um futuro terrível, onde a vida deixaria de existir. A Alma Dragônica, um poderoso artefato perdido no passado, era a única arma capaz de verdadeiramente deter Asa da Morte. Foi por isso que os guardiões de Azeroth — os Aspectos Dragônicos — enviaram um grupo de bravos heróis de volta no tempo para recuperá-la. Mesmo sendo atacados pela misteriosa Revoada Dragônica Infinita enquanto viajavam no tempo, os heróis retornaram com o artefato ao presente e o entregaram ao sábio xamã Thrall. Com a ajuda de Thrall, a Alma Dragônica foi usada contra o Destruidor em uma batalha brutal, que começou nos céus de Azeroth e prosseguiu até o coração turbulento de Voragem no centro do mundo. Graças ao esforço combinado dos Aspectos e seus aliados, a loucura de Asa da Morte finalmente chegou ao fim.



Fonte: us.battle.net
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum